Artigo

PERFIL DA AUTOMEDICAÇÃO ENTRE ESTUDANTES DE UMA UNIVERSIDADE PRIVADA DO SUL DO BRASIL – PARTE II

VICCHI, Julia Camargo1; SALES, Fernanda Cristina Ostrovski2;

Resumo

Introdução:A automedicação, uma prática cada vez mais presente na vida das pessoas na atualidade, pode ser definida pelo ato do indivíduo de medicar-se sem prescrição de algum profissional habilitado. Essa prática, por muitos considerada um cuidado pessoal, exige cuidados que, se não forem tomados, tornam-na perigosa em diversos casos além de não trazer os resultados clínicos positivos almejados.

Objetivo:O presente trabalho tem como principal objetivo avaliar a prevalência da automedicação no curso de Medicina Veterinária em uma universidade privada do Sul do Brasil.

Metodologia:A pesquisa apresentada foi feita apartir dos resultados de um questionário aplicado no curso de Medicina Veterinária da referida universidade, elaborado com base em uma revisão de literatura feita em 252 artigos científicos, tirados dos sites Pubmed e do Portal Regional da BVS, sobre a automedicação de estudantes sendo estes documentos publicados de 2011 a 2015.

Resultados:Como principais resultados observou-se que a automedicação é praticada pela maioria dos estudantes do curso de Medicina Veterinária entrevistados, snedo referida por 91,9% dos mesmos, sendo a duração do tratamento geralmente por um ou dois dias. Apenas 20,7% sempre procuram informações antes de automedicar-se e 28,2% sempre cumpriram rigorosamente as instruções recebidas. Os sintomas que mais levaram a automedicação foram a dor de cabeça, gripe ou resfriados, a cólica e as dores de garganta ou muscular e a maior influência dessa prática foi algum familiar ou amigo.

Conclusões:A automedicação consiste em uma prática de alta adesão, inclusive por estudantes universitários. Um dos fatores que corroboram para este desfecho consiste no fácil acesso aos medicamentos. Acredita-se, porém, que as pessoas desconhecem os riscos desse ato e, portanto, continuam aderindo e difundindo esta prática, fato que deve chamar atenção dos profissionais de saúde sobre a necessidade da orientação da população para a prática de uma automedicação racional e responsável.

Palavras-chave:Automedicação. Universitários. Medicina veterinária.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador