Artigo

PORNOGRAFIA DE REVANCHE: ANÁLISE DE CASOS DIVULGADOS PELA IMPRENSA

SILVERIO, Mariane1; MOREIRA, Jose Roberto2;

Resumo

Introdução:A pornografia é rotulada pela sociedade como algo indevido, apesar de sua definição ser tanto o estudo da prostituição quanto qualquer conteúdo que possui imagens ou cenas obscenas ou de apelo sexual. O indivíduo nu pode ser observado de várias formas, como, por exemplo, o nu artístico, mas nunca este material deve ser motivo de represália. Nessa perspectiva, o corpo social conectado precisa de conhecimento do uso dos meios eletrônicos. A internet não é um lugar tal qual possa se fazer o que quiser. Certas limitações são necessárias, principalmente limitações que garantam a privacidade e integridade dos indivíduos. A Pornografia de Revanche refere-se ao ato de violação íntima, quando o agressor faz do uso de compartilhamento de conteúdo pornográfico ou de sexo explicito, sem o consentimento da vítima, estimulado pela vingança ou por outra razão reprovável. O estudo da Pornografia de Revanche é necessário justo por ser um problema atual, mas apenas com soluções em casos fechados.

Objetivo:Pesquisar notícias publicadas que tratam dessa temática, para compreender como a mídia trata este assunto, tudo para compreender como as pessoas utilizam os meios eletrônicos nessa temática e o que molda suas opiniões, para se ter a noção de como transmitir orientação e criar possibilidades de prevenção.

Metodologia:Para estudo da Pornografia de Revanche o método de pesquisa utilizado foi a frequência a palestras, procura por artigos e portais de notícias que pudessem fornecer informações sobre o assunto.

Resultados:Focando na análise do meio midiático é perceptível a repetição de informações, além de só divulgarem casos extremos. Isso se deve porque em uma sociedade, em grande parte conservadora, ainda é um assunto que divide opiniões de tal forma que as reportagens não instigam o leitor a combater o crime, deixando aberto para julgamento da vítima. Outra explicação é a vergonha da vítima, que prefere não divulgar seu caso. Como resultado, além das compreensões já citadas, opções foram elaboradas para colaborar a conscientizar e combater o crime.

Conclusões:Os meios de comunicação precisam progredir ao apresentar o tema e também há a necessidade de uma reeducação do uso eletrônico. Desta forma, é preciso combater o julgamento social juntamente com amparo de lei específica.

Palavras-chave:Pornografia de Revanche. Notícias. Imprensa.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador