Artigo

ANÁLISE DE CONCEITOS BÁSICOS A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E A FAMÍLIA CONTEMPORÂNEA

KIMURA, Karina Yukari1; SENGIK, Kenza Borges2;

Resumo

Introdução:O assédio vindo da família não é novidade, contudo, um assunto que precisa de mais discussão. A família é a principal instituição para formar e educar seus membros, mas, em algumas ocasiões, é a própria causadora de criar um ser com uma mente perturbada e despreparada para o convívio numa sociedade. O estudo realizado durante o processo do PIBIC Jr abordou este tema, a fim de realizar pesquisas sobre o papel da família como influenciadora na personalidade da pessoa e como uma relação desfavorável pode desestruturá-la.

Objetivo:A finalidade do projeto foi entender o contexto de família desde seus primórdios, interpretar a importante função dela como influenciadora e responsável na relação afetuosa e saudável entre seus membros, considerando o estudo centralizado nos princípios da dignidade da pessoa humana, nos direitos de personalidade, e, por fim, no assédio moral na família.

Metodologia:Os estudos foram realizados através da leitura de textos e de livros. A coleta de dados era feita com base em resumos sobre as obras propostas pela orientadora Kenza. Em todos os materiais entregues, eram pedidas suas análises e julgamento próprio para entender o contexto, desde o surgimento da família até os dias atuais, como uma influência para cada ser humano.

Resultados:A partir do estudo feito ao longo do período com as obras lidas, foi possível obter a história da família desde seus princípios greco-romanos e também suas antigas tradições, vendo ela como a base construtiva para toda estruturação da personalidade de um ser. Foi visto também o tema da dignidade da pessoa humana bem como seus conceitos, que leva em conta basicamente que todos os seres possuem suas necessidades particulares. Estudamos os direitos de personalidade, que considera os bens relacionados à personalidade do indivíduo, às atribuições físicas, psíquicas e morais, necessárias para uma sobrevivência justa. Por último, foi visto sobre o assédio moral na família, vendo ela como a base para os ensinamentos de um ser em como ele deve se comportar numa sociedade e a contradição que ocorre quando a violência ocorre entre os próprios seres que a compõem.

Conclusões:Todos os temas estudados foram importantes para compreender o a situação da família e como o assédio moral ocorrido nela é uma forma de desvirtuá-la e torná-la criadora de seres psiquicamente desestabilizados, sendo ela vista como responsável pela ligação por meio de afeto e necessária para a educação de membros. O assédio moral na família merece mais atenção e ser discutido para que a violência familiar não seja mais considerada algo normal.

Palavras-chave:Família. Dignidade da Pessoa humana. Assédio moral.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador