Artigo

MÉTODOS ALTERNATIVOS NO UISO DE ANIMAIS EM AULAS NO ENSINO MÉDIO

SILVA, Ariadinne De Lima Pereira Da1; FISCHER, Marta Luciane2;

Resumo

Introdução:O uso de animais em atividades acadêmicas visando à demonstração de conhecimentos biológicos conhecidos é tradicionalmente embasado na crença de que os animais não são seres senscientes (FEIJÓ et al., 2010). Contudo, o avanço do conhecimento científico, somado à mudança de condutas da sociedade como um todo e da comunidade acadêmica em particular, têm resultado em leis que visam regulamentar esse uso. Assim, é considerado crime causar sofrimento ou dor em animais em situações para as quais existam alternativas (DANIELSKI et al., 2011). Diante dessa demanda, paulatinamente o uso de animais em atividades acadêmicas vem sendo, sempre que possível substituído por manequins, modelos e softwares, partindo-se do pressuposto que esta substituição não incorra em prejuízo para o aprendizado, contribuindo para a formação de profissionais e cidadãos com condutas mais éticas com respeito aos animais (DINIZ, 2006).

Objetivo:Categorizar os vídeos vinculados no portal Youtube, para sistematiza-los vinculados a temática animal.

Metodologia:Para isso os vídeos estão sendo categorizados segundo Bardin (2011) conforme: Descritor, público ( Ensino Fundamental, médio, superior), vídeo (Vídeo Aula/ Documentários/ Trabalho de aluno), nome do canal, duração do vídeo, há quando tempo postado, número de visualizações, comentários, quantidade de “likes” e “dislike”, número de inscritos, se o vídeo possui apresentação do conteúdo, descrição pessoa do conteúdo postado ( Fácil, médio, difícil, piadas, enquete/quis, novidades e curiosidades), sobre o conteúdo apresentado no vídeo ( envolvente, entediante, clareza, de difícil compreensão), sobre o visual do vídeo (colorido, divertido, imagens, vídeos paralelos, animação), análises dos primeiros comentários (elogios, perguntas, agradecimento, contribuição, brincadeiras, criticas), se o vídeo possibilita interação com outras redes sociais. Sendo determinado para cada descritor o catálogo dos 20 primeiros registros. Como termos de busca se registra os 20 primeiros vídeos de: Poríferos, Cnidários, Platelmintos, Nematelmintos, Anelídeos, Moluscos, Artrópodes, Equinodermos, Peixes, Anfíbios, Repteis, Aves e Mamíferos.

Resultados:Os vídeos categorizados até o momento nos fizeram observar que entre os Poríferos entre os 20 primeiros registros, 13 estão relacionados a aulas no ensino médio, conforme tabela 01, sendo 16 vídeos aula, 2 documentários e 2 trabalhos realizados por alunos. Quanto aos cnidários 15 vídeos estão relacionados ao ensino médio, 13 vídeos aulas, 5 documentários e 2 trabalhos de alunos. Platelmintos por sua vez, 15 vídeos relacionados ao ensino médio, 3 ensinos superior e 2 vídeos relacionados ao ensino fundamental, entre os 20 vídeos 16 são vídeos aulas.

Conclusões:Os resultados parciais nos permitem vislumbrar que os vídeos vinculados a temática animal são voltados ao ensino médio, para obter mais informações em vídeos aulas. Salientamos que este trabalho está em andamento na coleta e análise de dados.

Palavras-chave:Uso de animais. Ensino Médio. Bioética.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador