Artigo

CONTRIBUIÇÃO DO TEATRO DO OPRIMIDO DE ALGUSTO BOAU

SILVA, Felipe Carvalho Da1; GONCALVES, Adalgisa Aparecida De Oliveira2;

Resumo

Introdução:O teatro do oprimido para o teatro brasileiro representa um grande avanço na estética teatral que inova, pois busca tirar o teatro dos campos fechados e levá-lo para o meio do povo. Dessa forma, faz com que os não-atores possam usufruir dessa arte para repensar seus problemas sociais, buscando soluções por meio da reflexão e do debate. Boal foi diretor do grupo Teatro Arena em São Paulo após sua estadia em Nova York, onde estudou teatro na Universidade de Columbia e pôde propor à classe artística brasileira uma nova visão sobre o teatro baseando-se nas técnicas de Constantin Stanislavski. Em sua função de diretor e percussor teatral no Brasil, Augusto Boal dirigiu espetáculos como o Show Opinião, a peça Arena conta Zumbi e o Seminário de Dramaturgia, um grande marco na história da dramaturgia brasileira que ocorreu com a evolução do curso de dramaturgia que Augusto Boal realizava no Teatro de Arena, não só os alunos do Arena podiam participar desse seminário, mas, todos que continham interesse e conteúdo para acrescentar à discussão e construção do conhecimento, desse seminário grandes peças com temas nacionais surgiram e o teatro brasileiro continuou sua trajetória para o abrasileiramento.

Objetivo:Com o objetivo de estudar o Teatro do Oprimido de Augusto Boal, a pesquisa busca por meio de estudos bibliográficos e atividades de campo, compreender o quanto o Teatro do Oprimido pode contribuir para a formação dos grupos sociais.

Metodologia:A metodologia é exploratória descritiva com abordagem qualitativa. Considerações finais: Está sendo possível constatar a falta de conhecimento sobre o trabalho de Augusto Boal entre os estudantes do Ensino Médio. Boal foi um grande idealizador de ações contra a opressão, que deveriam fazer parte não só do currículo de ensino básico, mas de diversas outras atividades que envolvam relações sociais.

Resultados:

Conclusões:Está sendo possível constatar a falta de conhecimento sobre o trabalho de Augusto Boal entre os estudantes do Ensino Médio. Boal foi um grande idealizador de ações contra a opressão, que deveriam fazer parte não só do currículo de ensino básico, mas de diversas outras atividades que envolvam relações sociais.

Palavras-chave:Augusto Boal. Teatro do oprimido. Estética teatral.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador