Artigo

ANÁLISE DOS ESTUDOS SOBRE O TEMA EDUCAÇÃO EM CONTABILIDADE PUBLICADOS EM PERIÓDICOS BRASILEIROS DE 2009 A 2016

LONGO, Edlaine Cristina1; SANTANA, Andre Gobette2;

Resumo

Introdução:As competências e habilidades dos professores é uma questão imprescindível para a reflexão sobre o processo de ensino-aprendizagem. Tardiff (2003) menciona que a relação dos docentes com os saberes baseia-se não apenas em transmitir conhecimentos já obtidos, mas sim na prática, onde são agregados diferentes saberes, tais quais o corpo docente mantém diferentes relações, ou seja, o saber em contabilidade tem se sobressaído como habilidade, muito mais do que como um conjunto de conhecimentos (OLIVEIRA, 2003). Nesse sentido, cabe dizer que a ciência contábil no país vem se desenvolvendo cada vez mais e sendo enriquecida com o empenho de autores que fomentam os problemas e fenômenos nesta área (MELI; OLIVEIRA NETO, 2011). Sendo assim, é importante ressaltar que as técnicas de análise da bibliometria e de redes sociais são imprescindíveis para melhor entender as características da produção científica veiculada na área contábil no Brasil e no mundo (MELI; OLIVEIRA NETO, 2011).

Objetivo:A presente pesquisa teve como objetivo verificar os perfis dos estudos sobre o tema educação em contabilidade, publicados em periódicos brasileiros no período de 2009 a 2016.

Metodologia:A pesquisa caracteriza-se como descritiva, conduzida por meio de levantamento bibliográfico, com abordagem bibliométrica e análise quantitativa. De acordo com Castro (1977, p. 66), “quando se diz que uma pesquisa é descritiva, se está querendo dizer que se limita a uma descrição pura e simples de cada uma das variáveis, isoladamente, sem que sua associação ou interação com as demais sejam examinadas”. O trabalho contou com 17 principais periódicos brasileiros que foram melhores qualificados na plataforma WEBQUALIS na área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo da Qualis 2014, cujo título continham as palavras “Contábil” ou “Contabilidade”.

Resultados:É possível observar que a Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade destaca-se das demais por ser a que mais obteve publicações no período proposto, sendo 29 artigos publicados, o que corresponde à 16% do total de artigos publicados nos periódicos brasileiros. Nota-se que nos artigos o tema mais abordado foi o de ensino-aprendizagem e estilos de aprendizagem, seguido do tema sobre ensino superior, ambos representando 13% do total. Os autores que mais publicaram no período proposto foram, Gilberto José Miranda, Edgard Bruno Cornacchione Jr, Ernani Ott, Silvia Pereira de Castro Casa Nova, e Edvalda Araújo Leal, que publicaram respectivamente, 14, 11, 7, 7, e 6 artigos. Ressalta-se ainda, que do total de autores da rede, 352 deles publicaram apenas 1 artigo durante o período analisado.

Conclusões:Os resultados da pesquisa revelaram que o periódico que mais obteve publicações no período proposto foi a Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, que obteve uma participação de 16% no total de artigos publicados dentro do tema. A respeito da evolução dos artigos, o ano de maior publicação foi o de 2013. Constatou-se que nos grupos de interação dos autores, prevaleceram os artigos que foram escritos num grupo de 3 autores, o que correspondeu à 30% do total das publicações.

Palavras-chave:Educação contábil. Periódicos Brasileiros de contabilidade. Bibliometria.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador