Artigo

CAPACIDADE FUNCIONAL DE INDIVÍDUOS COM DOR CRÔNICA NO MUNICÍPIO DE CURITIBA POR MEIO DA CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE FUNCIONALIDADE INCAPACIDADE E SAÚDE (CIF)

RIBEIRO, Juliane Simioni1; CORREA, Katren Pedroso3; MOSER, Auristela Duarte De Lima2;

Resumo

Introdução:Como os problemas de saúde advêm não somente de doenças, mas de condições ou fatores presentes no cotidiano sendo os mais importantes o contexto ambiental e social, priorizar informações que registrem não só a doença, mas também os demais aspectos de saúde dos indivíduos por meio da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) e seus qualificadores, oferece a possibilidade de gerar uma codificação que forneça uma descrição do estado de saúde e os aspectos a ela relacionados aprimorando as abordagens desde a sua concepção até as intervenções delas originadas. A CIF é um modelo de classificação que considera aspectos biológicos, individuais e sociais em uma relação multidirecional, porém, devido a sua extensão, seu uso nem sempre é possível ou realizado de forma correta.

Objetivo:Elaboração de uma ferramenta computacional com vistas a automatizar a referida classificação para indivíduos com dor crônica pela CIF sob aspectos biológicos, individuais e sociais do indivíduo pelos profissionais da área da saúde.

Metodologia:Trata-se de uma pesquisa de desenvolvimento, onde foram realizadas as etapas de levantamento de requisitos e informações relevantes para o sistema a partir de reuniões com a equipe envolvida e os profissionais que inicialmente fariam uso do software, e construção dos dados que alimentariam o sistema, a partir de planilhas.

Resultados:Como resultados foram obtidas as planilhas que irão alimentar o software, contendo os requisitos do sistema e informações sobre a CIF, a CID (Classificação Internacional de Doenças) e os questionários escolhidos. Foram obtidos também os diagramas de caso de uso, diagramas de classe e diagramas de sequência, assim como as interfaces de cada funcionalidade do software.

Conclusões:A criação e implementação de um sistema com as características propostas nesse trabalho, irá facilitar e agilizar o processo de classificação de indivíduos pela CIF, tornando seu uso mais acessível e favorável, assim como auxiliará os profissionais da área da saúde em outras atividades durante seu atendimento.

Palavras-chave:Classificação Internacional de Funcionalidade. Incapacidade e Saúde. Sistemas de informação em saúde. Informática em saúde pública. Dor crônica.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador