Artigo

EIXO METROPOLITANO - LINHA VERDE: A CONSOLIDAÇÃO DO INVENTÁRIO DA DINÂMICA E USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

CARDOSO, Marina Goncalves Hesketh1; HARDT, Letícia Peret Antunes3; HARDT, Carlos2;

Resumo

Introdução:A cidade de Curitiba é reconhecida no cenário nacional e internacional como referência em planejamento e modernização urbana. Uma das mais recentes intervenções, dada a essa conjuntura, e de fundamental influência na estrutura metropolitana da cidade, é a transformação do trecho urbano da antiga BR-116 em um Grande Projeto Urbano (GPU), nomeado como Linha Verde, o principal objeto de análise do estudo.

Objetivo:A presente pesquisa tem por finalidade a análise e avaliação da interferência do atual estágio de implementação do projeto da Linha Verde, sobretudo quanto a dinâmica de alteração do uso e ocupação do solo e sua relação com o sistema de mobilidade urbana e regional, de modo a consolidar os registros teóricos realizados anteriormente sobre a temática.

Metodologia:A metodologia foi estruturada a partir de duas fases complementares. A primeira fase baseou-se em uma revisão bibliográfica, teórico-conceitual, bem como na realização de pesquisas de campo a fim de atualizar as eventuais intervenções ao longo do eixo. Na segunda fase, estruturou-se os dados coletados sobre a dinâmica de alteração do uso e ocupação do solo e de mobilidade da Linha Verde ao longo dos anos de implementação, analisando-os de maneira comparativa.

Resultados:Os resultados obtidos demonstram claramente a tendência de mudanças na ocupação ao longo dos anos, mas demostram que ainda estão em fase inicial de consolidação. Nos trechos em que as obras já foram concluídas, a implantação das novas tipologias construtivas e novos usos são mais visíveis do que nos estudos anteriores. No entanto, a consolidação do adensamento ainda não ocorreu.

Conclusões:Pode-se concluir que o processo de alteração do uso e ocupação do solo decorrentes da implantação do Eixo Metropolitano da Linha Verde efetivamente teve continuidade, porém trata-se de um processo lento, devido à sua escala de intervenção e por depender de diversos fatores externos, como o mercado imobiliário, a gestão municipal e a economia do país. Diante disso, a continuidade do estudo sobre o processo de consolidação do novo eixo torna-se imprescindível.

Palavras-chave:Linha Verde. Uso e ocupação do solo urbano. Refuncionalização.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador