Artigo

ASSOCIAÇÃO DE HERBICIDAS NO CONTROLE DE DIGITARIA INSULARIS EM FUNÇÃO DO ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO

BAZEI, Guilherme Luiz1; SCHNEIDER, Cristina Fernanda2;

Resumo

Introdução:O controle de plantas daninhas em lavouras comerciais, é hoje uma prática imprescindível, e o capim amargoso é uma espécie infestante que vem preocupando cada vez mais preocupante, devido à dificuldade de controle.

Objetivo:O objetivo do presente trabalho foi pesquisar a influência das misturas de diferentes sais de glyphosate com inibidores da ACCase no controle de plantas de Digitaria insularis em diferentes estágios de desenvolvimento.

Metodologia:Foram dois trabalhos na casa de vegetação da PUCPR - Toledo em 2016 com sementes de Digitaria insularis, no primeiro as aplicações dos herbicidas foram realizadas quando as plantas estavam no início do perfilhamento, e no segundo, quando elas estavam com 3 a 4 perfilhos. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com 9 tratamento e 4 repetições, sendo os tratamentos a aplicação de dois sais de glyphosate (Sal de Isopropilamina e Sal de Potássio) e dois inibidores de ACCase (haloxifop-p-metílico e Clethodim) misturados e de forma isolada.

Resultados:Todos os tratamentos avaliados foram eficientes para o controle de capim-amargoso aos 42 dias após a semeadura quando aplicados no início do perfilhamento. Quando aplicados com as plantas com 3 a 4 perfilhos os tratamentos à base de glyphosate sal de isopropilamina e glyfosate sal de potássio foram inferiores aos demais, sendo que as plantas apresentaram rebrota aos 42 após a semeadura. Ocorreu sinergismo entre as misturas dos herbicidas utilizados.

Conclusões:Com isso, é possível afirmar que todas as associações utilizadas foram eficientes quando aplicadas no desenvolvimento inicial da daninha e, quando as plantas apresentam touceiras apenas os herbicidas inibidores da ACCase apresentaram melhor desempenho.

Palavras-chave:Capim-amargoso. Glyphosate. Associações. Sinergismo.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador