Artigo

VALÊNCIA VERBAL EM CONSTRUÇÕES SINTÁTICAS DO PORTUGUÊS BRASILEIRO: OS VERBOS DE DIZER

SANTOS, Daniele Ferreira dos1; MIYAKI, Cristina Yukie2;

Resumo

Introdução:O trabalho de iniciação científica “Valência verbal em construções sintáticas do português brasileiro: os verbos de dizer na literatura fantástica” têm como tema o estudo da valência verbal dos verbos dicendi (VD) dentro da obra Harry Potter e a Pedra Filosofal da escritora J. K. Rowling.

Objetivo:O estudo trata da valência sintática dos verbos dicendi, para a qual propomos e analisamos a função argumentativa do verbo, que anuncia o que é dito, e uma análise da distribuição dos verbos para introduzir falas de personagens, elencando as restrições semânticas para o seu emprego nas construções, levando em conta seu sentido denotativo, mas que dentro da obra toma novos significados, para reforçar características de cada personagem no gênero literatura fantástica. Esses foram nossos objetivos centrais nesta pesquisa de iniciação científica.

Metodologia:A primeira etapa da pesquisa constituiu-se, basicamente, de leituras sobre o tema que tinham como objetivo o contato com o conceito de Valência Verbal e Verbos de Dizer, e durante a pesquisa foram criadas tabelas, para apresentar os critérios sob análise. Após a leitura da obra foi possível observar como os verbos dicendi têm grande influência na caracterização das personagens, assim como, uma função expressiva que deixa transparecer um estado da alma mais profundo de cada um deles.

Resultados:Todos os VDs (Verbos Dicendi) não-canônicos analisados acumulam duas funções. A primeira, do ponto de vista sintático, e a segunda, do ponto de vista semântico. Os verbos de dizer não-canônicos aqui apresentados foram utilizados pela autora Rowling para destacar e enfatizar determinadas situações discursivas da narrativa.

Conclusões:Buscamos demonstrar a influência dos VDs para a caracterização de cada personagem.

Palavras-chave:verbos dicendi não-canônicos na narrativa, caracterização de personagens, literatura fantástica.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador