Artigo

IMPACTO DO USO DO ANTICORPO MONOCLONAL HUMANIZADO CONTRA O VÍRUS SINCICIAL RESPIRATÓRIO SOBRE AS INFECÇÕES RESPIRATÓRIAS EM CRIANÇAS.

BURGER, Ana Clara Bonilha 1; SILVA, Debora Carla Chong e 2;

Resumo

Introdução:O vírus sincicial respiratório (VSR) é o principal agente das infecções do trato respiratório inferior (ITRI) em lactentes e crianças. É responsável por aproximadamente 60% das ITRI em crianças em idade pré-escolar. Ointenta porcento das infecções pelo VSR ocorrem antes de 1 ano de idade e aos 2 anos quase todas as crianças já foram infectadas. Prevenir a infecção pelo VSR diminui morbimortalidade e reduz os gastos com saúde.

Objetivo:Descrever as características do (VSR) e o impacto clínico e econômico da infecção em crianças com e sem fatores de risco; relatar a caracterização tecnológica do Palivizumabe; relatar as indicações atuais para o uso do Palivizumabe, segundo as diretrizes técnicas vigentes no Brasil e no mundo; descrever estudos recentes que abordam dados sobre fármaco-economia na utilização da imunoprofilaxia.

Metodologia:

Resultados:O VSR é um RNA vírus, de distribuição global, alta infectividade e comportamento sazonal. Causa doença grave e óbito em pacientes com fatores de risco como prematuridade, doença pulmonar crônica (Broncodisplasia - BDP), doença cardíaca congênita hemodinamicamente significativa (DCCHS), distúrbios neuromusculares e imunodeficiência. O pico das hospitalizações, inclusive em unidades de terapia intensiva, ocorre em crianças menores de 6 meses, com pico nos meses frios e resulta em alto custo para o sistema de saúde. A imunoprofilaxia com palivizumabe, demonstrou reduzir as internações por VSR especialmente para os grupos de risco. É um fármaco honeroso e estudos de fármaco-economia sugerem que para haja um custo-benefício favorável, este deve ser indicado para os principais grupos de risco

Conclusões:O VSR é um vírus prevalente e responsável por infecções graves, internações prolongadas, óbitos e conseqüências à longo prazo em crianças de risco. A imunoprofilaxia com palivizumabe é efetiva e segura. Estudos de custo benefício apontam vantagens no seu uso quando indicado para as crianças de risco.

Palavras-chave:

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador