Artigo

ACESSO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DEFICIÊNCIA FISICO-MOTORA AOS SERVIÇOS DE FISIOTERAPIA: PERSPECTIVA DOS PAIS E RESPONSÁVEIS

CAVASSIN, Renata Cristina1; SILVA, Verônica Andrade Da3; BUSNELLO, Adson Renato Rodrigues3; CARVALHO, Deborah Ribeiro2;

Resumo

Introdução:O acesso à saúde de crianças e adolescentes com deficiência é um direito constitucional garantido por meio do Sistema Único de Saúde, incluindo alguns direitos específicos como atendimento especializado, medicamento, prótese e cuidado referente à reabilitação, conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente. No entanto, apesar deste direito, ainda são identificadas algumas violações, inclusive no acesso aos serviços de saúde.

Objetivo:Dessa forma, o objetivo deste projeto é identificar fatores que dificultam ou facilitam o acesso de crianças e adolescentes com deficiência físico-motora aos serviços de fisioterapia, sob a perspectiva dos pais e/ou responsáveis.

Metodologia:O estudo foi desenvolvido sobre uma amostra de 144 participantes, considerando seis estabelecimentos de fisioterapia vinculados ao SUS de Curitiba, PR. Os dados coletados por meio de formulário estruturado aos pais e responsáveis, foram analisados a partir do software IBM SPSS Statistics 21 por meio de estatística descritiva.

Resultados:As principais dificuldades de acesso encontradas foram: falta de recursos financeiros da família, existência de barreiras arquitetônicas, fila de espera, dificuldade na obtenção de equipamentos de tecnologia assistida, dificuldade de deslocamento da residência até o estabelecimento de saúde. Já as principais facilidades encontradas foram: boa condição financeira, tratamento fisioterapêutico pelo SUS, plano de saúde, encaminhamento correto, serviço social e apoio familiar.

Conclusões:Os achados revelaram que dentre as inúmeras dificuldades existentes, o acesso à fisioterapia é presente. No entanto, faz-se necessário a criação de políticas que otimizem o acesso a esse serviço, a fim de garantir melhor qualidade de vida às crianças ou adolescentes, inclusive no que se refere ao início do tratamento durante o tempo considerado favorável para o desenvolvimento motor da criança.

Palavras-chave:Acesso aos serviços de saúde. Crianças e adolescentes. Deficiência físico-motora.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador