Artigo

COMPORTAMENTO DO PREÇO DOMÉSTICO DA SOJA E SUAS VARIABILIDADES NA CIDADE DE TOLEDO, PR SAFRA 2016/2017

SOUZA, Maria Aline Dias Fuentes de1; FILHO, Domingos Vida Costa2;

Resumo

Introdução:A soja é uma das principais culturas de produção mundial e de grande importância econômica. Embora a soja seja uma commodity presente no cenário mundial, com mercado bem definido, os preços do grão, tendem a apresentar grande variabilidade. Esses comportamentos decorrem por vários fatores, sobretudo de origens econômicas, sociais e ambientais

Objetivo:O objetivo foi realizar um levantamento dos preços da soja ofertados aos produtores, entre outubro de 2016 a março de 2017, em três empresas da cidade de Toledo, localizada na região Oeste do Paraná, com intuito de buscar entender as oscilações ocorridas nessa época

Metodologia:Os dados foram coletados diariamente, através de ligação telefônica, após as 14:00 horas, ou seja, o preço de fechamento do dia. A pesquisa ocorreu nos meses de outubro de 2016 à março de 2017. Trata-se de uma modalidade de pesquisa quantitativa, através do levantamento diário de dados (preço da soja comercial). A escolha pela pesquisa quantitativa se justifica por ela possuir um viés estatístico que organiza, sumariza e interpreta os dados numéricos coletados. O papel do pesquisador foi de captar os dados diariamente, de três empresas pré-determinadas, basicamente para identificar o preço da soja ofertado ao produtor. A partir desses dados realizou-se a comparabilidade, verificando as oscilações e identificar as variáveis que afetam o mercado da soja. O estudo foi desenvolvido no município de Toledo, PR, utilizando-se de dados colhidos em três empresas distintas, que terão seus nomes preservados, e para realização da comparabilidade dos preços, serão identificadas por Empresa A, B e C. No decorrer do levantamento do preço comercial, será analisado quais as influências na formação do preço da soja, como Bolsa de Chicago, dólar, clima, etc

Resultados:A partir dos dados coletados, foi verificado que nesse período a soja teve sua melhor alta no final de novembro até início de dezembro, chegando a valer R$ 71,50 a saca/60kg. No entanto a partir do final de janeiro até março, a oleaginosa apresentou decréscimo.

Conclusões:É importante também que o produtor saiba qual foi seu custo de produção, para se ter um preço desejado de venda. O sojicultor fica na expectativa de alta, o que muitas vezes não acontece, se obrigando a vender em um momento de baixa nos preços. O presente trabalho apresentou de forma simples as oscilações do preço da soja e buscou através de pesquisas o que estava acontecendo no mercado interno e externo para compreender essas alterações. O produtor não pode interferir nas oscilações do preço da oleaginosa, mais é importante que ele entenda e acompanhe o mercado da soja, para saber as formas de negociação e qual o melhor momento de venda.

Palavras-chave:Soja. Preço. Soja Verão. Produção de soja.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador