Artigo

ESTIMATIVA DOS PRINCIPAIS ERROS DE REFRACAO EM CRIANÇAS DO MUNICIPIO DE LONDRINA, PR

REINERT, Chiara Luana1; SILVA, Matheus B.3; DURÃES, Giovanna B.3; ANACLETO, Feranda S.3; MATSUO, Tiemi3; HASEGAWA, Nobuaqui3; HOYAMA, Erika2;

Resumo

Introdução:A visão se desenvolve durante a infância, alcançando a maturidade por volta dos cinco-seis anos de vida. Após essa idade, mesmo com tratamento específico e adequado, existe a possibilidade do não desenvolvimento completo do aparelho visual. Assim, é muito importante que problemas de visão sejam identificados e tratados em tempo hábil.

Objetivo:O objetivo deste estudo foi avaliar os erros de refração em crianças em idade pré e escolar no Município de Londrina, Estado do Paraná (PR).

Metodologia:Foi realizado estudo transversal retrospectivo, no qual foram avaliados prontuários de crianças matriculadas nos Centros de Educação Infantil do Município de Londrina-PR que participaram do Programa Primeiros Olhares, realizado pelo Hospital de Olhos de Londrina (HOFTALON), no período de 2006 a 2015. Crianças entre 03 a 07 de idade anos foram avaliadas quanto ao sexo, presença e tipo de erro refracional. Os dados foram submetidos à análise estatística.

Resultados:Foram avaliados 2852 olhos. A idade média foi de 4,5 anos, sendo que 51,8% eram do sexo masculino e 48,2% do sexo feminino. A redução da acuidade visual (acuidade visual menor que 0,7) ocorreu em 5% das crianças. Erros refrativos ocorreram em 29%. O equivalente esférico (EE) mostrou hipermetropia (EE maior que +1,50 dioptrias) em 13% dos casos e miopia (EE menor que -0,50 dioptrias) em 5%. Astigmatismo (grau cilíndrico menor que -0,50 dioptrias) ocorreu em 21%. Altas ametropias como alta miopia (EE menor que -3,00 dioptrias) foi observado em 0,1%, alta hipermetropia (EE maior que +3,00 dioptrias) em 2,2% e alto astigmatismo (grau cilíndrico menor que -3,00 dioptrias) em 0,8%. A correção óptica foi prescrita para 94% das crianças com erros refrativos.

Conclusões:O astigmatismo e a hipermetropia foram os erros refracionais mais observados neste estudo.

Palavras-chave:Erros de refração. Saúde ocular. Crianças. Baixa visão. Medicina preventiva.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador