Artigo

AVALIAÇÃO DO PAPEL DA ESCOVAÇÃO NA FORMAÇÃO DE LESÕES CERVICAIS NÃO-CARIOSAS

FREITAS, Pery Pinheiro1; CANALI, Gabriela Damke3; SOUZA, Evelise Machado De2;

Resumo

Introdução:As Lesões Cervicais Não-Cariosas (LCNC) caracterizam-se pela perda irreversível de estrutura mineralizada, sem envolvimento bacteriano, na região próxima à junção amelocementária, resultando na exposição da dentina subjacente.

Objetivo:O objetivo do estudo foi analisar os fatores relacionados à escovação dental na formação de LCNCs em uma população adulta de pacientes provenientes da Clínica Odontológica da PUCPR, todos residentes em Curitiba e região metropolitana.

Metodologia:Um total de 62 participantes apresentando 515 dentes com lesões cervicais não-cariosas (LCNCs) foram selecionados para o estudo. Os participantes responderam a um questionário estruturado contendo informações pessoais, história dental, médica e hábitos de higiene bucal como método e frequência de escovação, lado de início, tipo de cerda e frequência de troca da escova, tipo de dentifrício. Um exame clínico foi realizado para determinar a localização, altura e profundidade das lesões. Testes de normalidade foram realizados previamente às análises das variáveis por meio do teste de Kruskal-Wallis e Correlação de Spearman (p>0,05).

Resultados:Os resultados demonstraram uma distribuição uniforme das lesões entre os dentes superiores e inferiores, e entre lado direito e esquerdo. A distribuição das médias dos escores de profundidade e da altura das lesões do lado direito e esquerdo também apresentou poucas diferenças. As variáveis idade (p=0,553), gênero (p=0,514), tipo de cerda (p=0,258), tipo de dentifrício (p=0,597), método de escovação (p=0,943), lado de início (p=0,546), frequência de escovação (p=0,379) e frequência de troca de escova (p=0,143) não mostraram significância estatística (p>0,05). A correlação entre o número de LCNCs e a idade dos participantes não foi significante (p=0,123).

Conclusões:Tanto a profundidade quanto a altura das lesões encontradas não foram maiores do que 2 mm e mais frequentemente encontradas em dentes superiores. As variáveis relacionadas à escovação não mostraram afetar a localização e severidade das LCNCs.

Palavras-chave:Lesões crevicais não-cariosas. Abrasão. Escovação.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador
    3. Colaborador