Artigo

SISTEMAS DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO (SMD) EM ORGANIZAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS: IDENTIFICAÇÃO NA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA DOS PRINCIPAIS FATORES DE INFLUÊNCIA

AMARAL, Giovanna Oliveira1; TREINTA, Fernanda Tavares2;

Resumo

Introdução:O crescente número de organizações sem fins lucrativos aumenta a concorrência por financiamento e, consequentemente, algumas organizações sem fins lucrativos estão aplicando estratégias empresariais e modelos de negócios para se tornarem mais competitivas e transparentes. Nesse sentido, os Sistemas de Medição de Desempenho (SMD) podem ser uma solução não só para as questões relacionadas a gestão de tais organizações, como também para sua interação com os mais diversos stakeholders. Apesar da área temática referente aos Sistemas de Medição de Desempenho estar bem consolidada, ainda é incipiente a sua aplicação para organizações sem fins lucrativos, que possuem características específicas que devem ser consideradas.

Objetivo:Tendo em vista a lacuna de estudos que abordem Sistemas de Medição de Desempenho específicos para organizações sem fins lucrativos, este trabalho tem como objetivo geral auxiliar na identificação dos fatores que exercem influência na concepção e na implementação de Sistemas de Medição de Desempenho para organizações sem fins lucrativos.

Metodologia:Inicialmente, foi realizada uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL) com o intuito de identificar artigos que contribuem para um panorama abrangente da literatura atual sobre Sistemas de Medição de Desempenho em organizações sem fins lucrativos. A partir desta revisão foi formado um portfólio final de artigos que serviram de base para a Análise Bibliométrica e a geração de indicadores. Na sequência, foram estudadas 3 tipologias de organizações sem fins lucrativos através de casos exploratórios, sendo uma fundação, um órgão público e um instituto.

Resultados:A partir da Revisão Sistemática de Literatura, um portfólio final de 240 artigos significativos para a área de pesquisa foi constituído. A Análise Bibliométrica foi utilizada para identificar a cronologia destes artigos, os principais autores, periódicos, palavras-chaves e principais referências. Nos estudos de caso exploratórios realizados, foi possível perceber que apesar do aumento na exigência e pressão pelos stakeholders para que essas organizações ampliem a prestação de contas dos serviços prestados, em especial por envolver financiamentos e doações, poucos processos são padronizados para a avaliação de desempenho em organizações sem fins lucrativos, assim como mostra a literatura estudada no projeto.

Conclusões:Ressalta-se a importância do desenvolvimento de estudos específicos que abordem Sistemas de Medição de Desempenho para organizações sem fins lucrativos, tendo em vista que a literatura encontrada sobre essa temática ainda não está consolidada. Sendo assim, os resultados obtidos irão contribuir significativamente para o entendimento sobre a concepção e a implementação de Sistemas de Medição de Desempenho em organizações sem fins lucrativos.

Palavras-chave:Organizações sem fins lucrativos. Sistema de medição de desempenho (SMD). Revisão sistemática de literatura (RSL). Análise bibliométrica.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador