Artigo

FÍSTULA APÓS CIRURGIA ESÔFAGO-GÁSTRICA: TRATAMENTO COM USO DE PRÓTESE AUTOEXPANSIVA

NAGANO, Thais Ayumi1; IVANO, Flavio Heuta2;

Resumo

Introdução:Um tratamento reconhecido nas últimas décadas da obesidade mórbida é a cirurgia bariátrica. Apesar da baixa taxa de complicações, elas ainda existem. Dentre as mais comuns está a fístula da anastomose que pode ter como complicação a sepse e o aumento da morbimortalidade. Seu quadro pode ser assintomático ou apresentar sintomas relacionados à sepse e não existe ainda uma conduta padrão. Há pouca evidência sobre o tratamento endoscópico das fístulas, porém o uso de próteses autoexpansivas recobertas vem sendo estudada por ser uma técnica segura e eficaz. Naturalmente, podem levar até quatro meses para cicatrizar, porém, com o uso de prótese autoexpansiva de Hanarostent®, o sucesso pode chegar a 78% com tempo médio de cura em 62 dias. Além disso, ela possibilita imediata reintrodução da dieta via oral, alta rápida e prevenção da migração distal.

Objetivo:O objetivo deste estudo é o relato de uma série de casos do uso do tratamento endoscópico com prótese autoexpansiva Hanarostent® nos casos de fístula pós cirurgia bariátrica nos pacientes do Hospital Sugisawa.

Metodologia:Estudo observacional retrospectivo de 5 prontuários de pacientes realizaram uso da prótese autoexpansiva de Hanarostent® realizadas no Hospital Sugisawa, compondo uma série de relato de casos.

Resultados:A melhor maneira de reduzir o tempo de cicatrização de fístula após cirurgia bariátrica parece ser pela conduta de utilizar próteses autoexpansivas, principalmente a Hanarostent® pela técnica de Chin, com fixação para evitar deslizamentos, utilizados por 4 a 6 semanas. O sucesso na nossa experiência foi total. A tomografia foi o melhor método não invasivo para confirmar o diagnóstico, avaliar a gravidade e direcionar o tratamento. O tratamento eficaz com prótese autoexpansiva para fístula após cirurgia bariátrica foi de 100% na nossa casuística. As principais limitações são a tolerância ao "stent" e sua tendência à migração distal, podendo ser evitado utilizando a prótese Hanarostent®. As vantagens do tratamento com próteses autoexpansivas é a possibilidade de nutrição oral precoce, uma alta hospitalar mais rápida, reduzindo complicações hospitalares e custos.

Conclusões:O uso de próteses autoexpansivas para o tratamento de fístulas precoces após cirurgias bariátricas são eficazes, sendo mais rápida a cicatrização quanto mais precoce a inserção da prótese for realizada. A tomografia computadorizada foi o melhor exame para o diagnóstico deste tipo de fístula, orientando a melhor terapêutica.

Palavras-chave:Prótese Autoexpansiva. Fístula. Complicações cirurgia Bariátrica.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador