Artigo

ADOLESCENTES E USO DE TABACO: DADOS SOCIODEMOGRÁFICO

STRAPASSON, Izabela1; SAPIENZA, Graziela2;

Resumo

Introdução:Pesquisas indicam que o uso de tabaco ocorre cada vez mais precocemente na população, por volta dos 15 anos de idade ou menos, e há evidências de alguns fatores de risco para este uso, como por exemplo, a inserção do adolescente a um meio de amigos fumantes e a condição socioeconômica do mesmo.

Objetivo:O presente estudo investigou as características sócio-demográficas de adolescentes que fizeram uso de produtos derivados do tabaco (PDT) comparando com aqueles que não fizeram o uso.

Metodologia:Participaram do estudo 1439 adolescentes estudantes de escolas públicas do ensino médio de Curitiba e região metropolitana que responderam ao questionário sociodemográfico e cujas respostas foram analisadas nesse trabalho. A análise foi realizada sob auxílio da monitoria de estatística da PUCPR através do programa SPSS.

Resultados:Os dados que obtiveram significância (p>0,05) revelaram que adolescentes têm experimentado PDT em tenra idade, antes mesmo dos 10 anos de idade, porém, dados indicaram que este uso não é contínuo. Além disso, fatores de risco para o uso destes produtos localizados na literatura também foram identificados aqui, como influência de amigos fumantes, separação dos pais e condição socioeconômica do adolescente.

Conclusões:Chamou a atenção ausência de discrepâncias entre os resultados dos dois subgrupos de comparação, evidenciando que o uso de PDT vem sendo utilizado em todas as camadas da população. Esses dados são considerados preocupantes e a necessidade é de serem feitas medidas protetivas contra este uso, afim de promover a saúde destes jovens.

Palavras-chave:Adolescente, Uso de tabaco, Prevenção.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador