Artigo

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMO PROPOSTA PARA A MINIMIZAÇÃO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS DOMICILIARES

ASSUNCAO, Valeria Da Silva1; CUNHA, Jefferson Pedro2;

Resumo

Introdução:Introdução. Mais de 50% do lixo produzido pela população é composto por resíduos orgânicos. Sendo este destinado e tratado de forma inadequada, acarretando em danos ambientais, além de acarretar na diminuição da vida útil dos aterros sanitários. Além da preocupação com a destinação inadequada dos resíduos orgânicos, há também a necessidade da separação desses resíduos dos ditos recicláveis.

Objetivo:Afim de propor medidas para a minimização de tais resíduos e valorizar a alimentação saudável, o presente projeto visa a implantação de uma culinária sustentável, o processo de compostagem, além da elaboração de uma horta orgânica.

Metodologia:Tais atividades foram realizadas no Colégio Estadual Segismundo Falarz, na cidade de Curitiba. Após um acompanhamento na cozinha deste colégio, constatou-se que o maior volume de resíduos gerados é composto por restos de refeições já preparadas e borra de café, ou seja, material que não pode ser reaproveitado na alimentação, assim optou-se por não realizar uma adaptação nos preparos. Para a elaboração da composteira foi utilizado baldes de plástico e para a horta orgânica, canos de PVC. A escolha de tais materiais ocorreu devido as condições do colégio, pois o mesmo apresenta muitas áreas pavimentadas, o que não possibilitou a instalação da composteira e da horta diretamente no solo. Vale ressaltar que todo material utilizado foi reaproveitado, o que valoriza os conceitos de reciclagem e reaproveitamento.

Resultados:Apesar de não ter sido possível o aproveitamento de alimentos para elaboração de um cardápio nutritivo e sustentável, a confecção da horta suspensa, com a participação dos alunos e pessoal da cozinha foi concluída, ressaltando também a reutilização de materiais para a construção da horta.

Conclusões:Vale a pena ressaltar na ideia de que a escola é um ambiente propício para a exploração de temas que remetam a sustentabilidade, em especial com a implantação de uma culinária alternativa, a construção e manutenção, pelos próprios alunos, de composteiras e hortas orgânicas. Para que os resultados práticos sejam otimizados, é necessária uma fundamentação teórica junto com o corpo docente e discente através de palestras e oficinas, colocando todos como protagonistas no processo, desde a elaboração das ideias, execução e manutenção.

Palavras-chave:Culinária sustentável. Compostagem. Horta orgânica.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador