Artigo

AVALIAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DA CANOLA SUBMETIDA A DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTAS E ESPAÇAMENTOS NA ENTRELINHA

SANTOS, Lucas Henrique dos1; KAEFER, Joao Edson2;

Resumo

Introdução:A canola (Brassica napus L var oleífera) pertence à família das crucíferas e ao gênero Brassica. É uma oleaginosa de inverno desenvolvida a partir do melhoramento genético da colza ocorrido no Canada. Um dos fatores que ainda não se tem informações precisas é em relação à densidade populacional e o espaçamento ideal para a cultura. A canola é frequentemente chamada de uma cultura muito flexível ou "plástica" porque as plantas individuais podem mudar o número e o tamanho dos ramos e vagens em resposta à disposição de umidade, luz e nutrientes.

Objetivo:Avaliar a resposta da canola à densidade de plantas e ao espaçamento nas entrelinhas da cultura.

Metodologia:O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 3x4, constando de três densidades de plantas (20; 40 e 60 plantas m-2) e quatro espaçamentos na entrelinha (15, 30, 45 e 60 cm), com três repetições, perfazendo 36 parcelas, sendo a área de cada parcela de 12 m2 (3x4 metros). As variáveis biométricas avaliadas no estádio de pré-florescimento foram: diâmetro basal (DB), massa seca da parte aérea da planta (MSA) e estatura das plantas (AP), para os componentes de produção e produtividade, foram avaliados, o número de síliquas por planta (NSP), massa de grãos por síliqua (MGS), massa de 1.000 grãos (PMG) e produtividade (PROD).

Resultados:Pode-se observar que houve resposta significativa (P?0,05) para a interação entre espaçamento na entrelinha da cultura e à densidade de plantas na cultura da canola. Com relação aos resultados médios para a interação densidade x espaçamento, houve resposta significativa para (P?0,05) MSA, AP e PROD no espaçamento de 15 cm junto com a densidade de plantas de 40 plantas m-2. Não houve resposta significativa (P?0,05) às demais variáveis relacionadas a interação espaçamento x densidade de plantas.

Conclusões:Para as condições edafoclimáticas em que foi conduzido o experimento, pode se concluir que a canola, híbrido Hyola 61, responde às diferentes densidades de plantas e ao espaçamento na entrelinha da cultura, sendo que a maior produtividade foi alcançada no espaçamento de 15 cm e na densidade de 40 plantas por metro quadrado.

Palavras-chave:Densidade. Espaçamento. Brassica napus.

Legendas

    1. Estudante
    2. Orientador